Madrid em 3 dias – Dia 1

citypack Madrid

Madrid em 3 dias

Eu gosto muito de viajar e quando me aventuro assim num país diferente gosto de recolher todas as informações e testemunhos possíveis para saber o que vale mesmo a pena ou não (porque aqueles guias turísticos que se compram nem sempre vão directos ao assunto). É por isso que também gosto de dar sempre a minha opinião depois da viagem, para que outras pessoas que procurem possam encontrar mais algum testemunho.

A ideia de viajar até Madrid surgiu já há alguns meses. Já estive em Barcelona umas 3 vezes mas em Madrid nunca tinha estado e é aqui tão perto que tinha curiosidade em espreitar. A viagem até ficou relativamente barata (sem contar com alimentação) mas foi preciso fazer algum malabarismo com as datas.

A cidade vê-se bem em 2 dias (os locais mais principais) por isso nós aproveitámos o 3º dia para ver as lojas e para eventuais compras, mas podem aproveitar para ver outros museus e locais menos principais.

Para ajudar a planear a viagem e a andar por lá, comprei o guia Citypack Madrid que ficou por 11.97€ na Fnac mas há também à venda na Bertrand. O mais útil é mesmo o mapa plastificado e várias informações sobre os museus como horários e dias em que são gratuitos etc. Em relação à comida as informações não são muito boas porque os restaurantes apresentados são quase todos um pouco caros.

 

O voo

A companhia aérea onde consegui os melhores preços foi a Easyjet. A partir do Porto e de Faro também têm a Ryanair que até tem preços mais acessíveis, mas a partir de Lisboa não resta grandes alternativas.

É preciso marcar com alguma antecedência e simular várias datas para perceber realmente quando é que fica mais barato, porque por vezes a viagem de ida é barata mas a de volta fica ao dobro do preço e não compensa. Consegui as viagens mais ou menos por 28€ cada, o que ficou em cerca de 56€ ida e volta para cada um.

Já depois de ter reservado ouvi falar também de leilões de viagens, em que se consegue por vezes viagens por 1€ e coisas assim absurdas, mas é tudo muito incerto e podem não ser exactamente nas datas em que queremos. No entanto para quem gosta de aventuras, experimentem porque é de certo emocionante.

Num outro post, depois de vos mostrar o meu roteiro dividido por dias, irei falar melhor sobre algumas particularidades do voo como dimensões de malas, líquidos permitidos, e todas as dúvidas que eu tive antes de viajar.

 

Onde ficar

Quanto à estadia, comecei a minha pesquisa pelo Booking.com, o site onde faço habitualmente as reservas de hotéis. No entanto não estava a encontrar nada que me agradasse. Decidi então continuar a minha pesquisa sobre vários roteiros de pessoas que partilharam essa informação em blogs e etc e acabei por descobrir a recomendação de uma senhora que dizia ter ficado muito satisfeita com a estadia no Hostal Tijcal II, que era central e com preços acessíveis. Pesquisei então no Boooking por este hostal e não tive mais dúvidas. Consegui que a estadia ficasse por 78€ para os dois (em quarto com cama de casal, casa de banho e varanda).

 

Onde comer

Há inúmeros sítios onde comer bem em Madrid, começando pelos infinitos restaurantes de fast-food já nossos conhecidos como Pans&Company, Mc Donald’s, Burguer King, KFC… Mas se levarem já alguns sítios mais originais agendados de casa será ainda melhor.

Eu experimentei os tão famosos 100Montaditos (podem ver aqui as localizações) que são mini baguetes com todo o tipo de recheio salgado (há de chouriço, salmão fumado, bacon, frango, atum, vários tipos de queijos…. e várias combinações entre si) e há ainda umas de chocolate para sobremesa ou lanche. O fantástico é mesmo o preço. Há tábuas entre 5 a 7 montaditos por 6€ (e se comprarem duas tábuas saem a 10€ as duas) e as bebidas são 1,20€. Às Quartas-feiras e aos Domingos tudo o que está na carta custa apenas 1€.

Outro sítio bastante bom é o Fresh & Co. É um buffet com todo o tipo de saladas e ainda pizza e lasanha (de carne ou vegetarianas) em que podem comer tudo o que quiserem as vezes que quiserem (bebida, pratos principais, saladas e sobremesas) por apenas 9.95€ ao almoço ou 10.95€ ao jantar. Serve também para “desintoxicar” de comida de plástico, porque as coisas mais baratas por lá são todas à base de pizzas, hambúrgueres e baguetes.

Podem ainda experimentar um dos restaurantes Cañas y Tapas, Madrid Madriz e para pequeno almoço o Museo del Jamón, Chocolataria San Ginés ou o Dunkin’Donuts (que foi o meu sítio preferido!!!). Ver mais “Onde comer em Madrid”.

Plaza Mayir Madrid

 

Dia 1

E agora passando ao que interessa, vou explicar-vos um pouco do meu roteiro no primeiro dia. Saímos de casa cedíssimo porque o voo era as 7 da manhã. Se forem num voo assim cedo aconselho-vos a levarem uma mala que consigam carregar facilmente com vocês porque vão chegar a Madrid cedo e normalmente só podem entrar no hotel a partir das 13h.

Chegámos a Madrid por volta das 9h, apanhámos o metro até ao centro (Puerta del Sol) e tomámos o pequeno-almoço no Museo del Jamón perto da Plaza Mayor, que fomos visitar depois. Descemos ainda até ao Mercado de San Miguel e depois voltámos a subir a Calle Mayor. Vimos também a rua que fica por de trás desta, no lado oposto da Plaza Mayor que é a Calle Arenal e onde há várias lojas. Nas diversas ruas que ligam a Puerta del Sol à Gran Vía há todas as lojas que nós meninas adoramos (H&M, Pull&Bear, Blanco, Sfera, Zara, Bershka….) e foi também um dos locais da volta da primeira manhã.

Assim que se aproximou a hora, fomos à procura do nosso hostal, que era super super perto da Puerta do Sol (2min) mas demos uma volta enorme porque não lemos bem o mapa ehehe. Mas acabámos por chegar, deixar as malas e fomos almoçar aos 100Montaditos.

Depois de almoço visitámos o lado Este da cidade, tudo a pé. Descemos a Calle de Alcalá e visitámos a Porta de Alcalá, o Parque do Retiro, o museu Reina Sofia e por fim o museu do Prado. Queríamos ter visto o Jardim Botânico mas começou a chover. Passámos e visitámos também a Caixa Fórum que tem uma lojinha com coisas fantásticas.

Depois deste dia mais cultural regressámos à Puerta del Sol, jantámos no Mc Donald’s (que não tem nem metade da qualidade e sabor do de Portugal, por isso acho que não vale muito a pena) e fomos para o hostal onde só tivemos tempo de tomar banho e cair redondos a dormir.

O tempo arrefeceu imenso e choveu mesmo durante a noite. E eu só tinha levado vestidinhos e saias, foi terrível. Mas amanhã conto-vos mais. E daqui a pouco sai um novo post com o look of the day ;D

 

Puerta Del Sol Topshop

Puerta Del Sol  Plaza Mayor Madrid

Mercado de San Miguel

Puerta de Alcalá

Parque do Retiro Madrid

Parque do Retiro Madrid

Caixa Fórum Madrid

Museu do Prado Madrid

Museu do Prado Madrid

 

Para ler mais:

 

Both comments and pings are currently closed.

6 Responses to “Madrid em 3 dias – Dia 1”

  1. Alda Lopes Moreira says:

    Também vou regressar a Madrid daqui a umas semanas; apesar de já la ter estado gosto sempre de ter mais dicas….por isso aguardo estes posts :)

  2. Alda Lopes Moreira says:

    Ah, e adoro os 100 montaditos, farto-me de comer la quando vou a ayamonte, barcelona, huelva…e ate em Miami :) Recentemente descobri que tb ha no Porto ;)

    • Sim, já sei que há no Arrábida :p mas o Porto ainda é longe para ir lá jantar ou almoçar ehehe. Mas quando for lá a cima vou experimentar, para ver se são iguais ou não. Um dunkin’donuts é que vinha a calhar em Lisboa ahaha

      • Alda Lopes Moreira says:

        A primeira vez que provei dunkin foi ha coisa de 1 mês nos EUA…O meu marido é fã de donuts e tinha isso como umas das coisas para fazer: qd entrámos com ar de missão na loja e dissemos q era a nossa estreia mundial a senhora ate ficou de boca aberta :D :O (e sim se eu fizesse uma review belissima cm a que estas a fazer….falava de comida a cada 5 linhas…ehehehehe) Obgd pela review ;)

  3. Pixglam says:

    Adorei as fotos em Madrid, a cidade é muito bonita.

  4. mel says:

    à precisamente um ano atrás também estive aí.
    Obrigada por me estares a recordar novamente como esta cidade é linda
    beijiinhos <3